Alimentação intuitiva: Saiba como é possível perder peso ouvindo seu corpo

Alimentação Intuitiva

A alimentação intuitiva é uma das mais novas tendências do mundo da nutrição. De forma geral, pode-se dizer que esse tipo de alimentação é uma resposta à abordagem tradicional de fazer dieta: pesar sempre as comidas, contar todas as calorias, seguir um cronograma restrito de refeições, entre outras coisas. 

 

Uma das principais vantagens é que a alimentação intuitiva é capaz de eliminar aquela estrutura obsessiva que existe em muitas dietas. Ela se baseia na ideia de que tanto a contagem de calorias quanto a obsessão pela perda de peso acabam estressando as pessoas, o que faz com que a dieta dê errado ou se torne algo insustentável. 

 

Tendo isso em vista, a alimentação intuitiva envolve prestar atenção ao seu corpo e dar-lhe aquilo que parece certo. Veja como colocar em prática esse tipo de alimentação e, por consequência, melhorar a sua relação com a comida. 

 

Veja mais: Como curar diabetes de forma natural 

Mas, afinal, o que é comer intuitivamente?

Resumidamente, a alimentação intuitiva diz respeito mais à sua relação com a comida do que à comida em si. Isso porque ela encoraja você a se livrar de toda aquela culpa ligada à alimentação e a trocar aqueles planos rígidos de dieta por uma alternativa mais maleável, na qual você tenta ao máximo comer bem, mas não fica se punindo caso algo saia do controle. 

 

Esse tipo de alimentação, na verdade, pode ser uma ótima forma de começar a entender o que funciona para o seu corpo em específico, por exemplo. Ao invés de considerar como uma dieta, é possível enxergar a alimentação intuitiva como um estilo de vida, no qual você passa a comer para se sentir bem. O grande problema é que às vezes é difícil de saber como fazer isso. Sendo assim, veja algumas dicas logo abaixo. 

Como colocar em prática a alimentação intuitiva

Agora finalmente chegou o momento de entender como comer intuitivamente. Está preparado? Então veja algumas dicas. 

 

Confira também: Como reverter diabetes tipo 2 naturalmente

1. Deixe o seu peso um pouco de lado

Para conseguir emagrecer de forma eficaz e sem loucuras, é necessário parar de ficar obcecado nos números que a balança mostra. Na maioria das vezes, esse número aumenta por diferentes motivos, e nenhum deles quer dizer que você realmente engordou. O erro de muitas dietas é que elas focam apenas em perder peso, mas isso é algo bastante ruim para se orientar.

 

Ao invés disso, o ideal é deixar o peso um pouco de lado e começar a se concentrar naquilo que lhe faz bem. A perda de peso virá como consequência, pode ter certeza. 

2. Não se sinta culpado por comer

Jamais se sinta culpado por algo que você comeu e acabou fugindo um pouco da dieta. Algo importante para fazer nesse caso é separar os alimentos em três grupos: verde, amarelo e vermelho, sendo que os verdes são os mais saudáveis e os vermelhos aqueles que mais devem ser evitados. 

 

Você também pode gostar: https://blog.ligadasaude.com.br/tratamento-para-diabetes/

 

Feito isso, é necessário ter em mente que quanto mais alimentos do grupo verde você consumir, melhor se sentirá consigo mesmo. Entretanto, isso não significa que o grupo amarelo ou o vermelho é proibido, muito pelo contrário. Lembre-se sempre de que estabelecer regras rígidas pode acabar com a eficácia da sua alimentação intuitiva

 

Conseguiu entender como funciona a alimentação intuitiva? Para saber se ela vai funcionar no seu caso em específico, basta tentar. 

Leia Também: De Prioridade a Sua Dieta e Perca Peso Com Estas Dicas

Leave a Reply