Como Cuidar da Segurança do Seu Lar

Segurança

A segurança é um fator indispensável, principalmente nos dias de hoje, onde a violência é um problema constante.

Por conta disso, existem muitas empresas que oferecem soluções variadas em segurança, que englobam tanto problemas com roubos e invasões, quanto proteções contra desastres naturais.

Isso porque, nunca podemos prever quando esse tipo de situação pode acontecer. Com relação à violência, no Brasil, já podemos imaginar que ela seja bem provável, mas os desastres naturais não são tão recorrentes.

Mesmo assim, um temporal mais forte pode destelhar uma casa e o prejuízo com a reforma pode significar um gasto que você não estava preparado para ter.

Também, quando viajam, os proprietários dos imóveis estão mais suscetíveis a um roubo ou invasão que podem acarretar em uma grande perda material.

Chegar em casa depois de uma viagem de férias ou a trabalho e perceber que a casa foi invadida, além de ser desesperador, pode custar muito trabalho e esforço para recuperar o que foi perdido.

Portanto, nada melhor do que prevenir e contar com seguros e sistemas de segurança que podem te auxiliar nesse momento.

Neste artigo, vamos falar sobre sugestões de segurança para prevenção e proteção do seu lar. Acompanhe a leitura!

Segurança contra a violência urbana

O Brasil é um país que sofre com os altos índices de violência urbana dos mais variados tipos. Os bandidos estão cada vez mais astutos, e detêm diversas artimanhas para conseguir invadir residências.

Por outro lado, o cidadão se sente cada vez mais coagido e sem saber o que fazer. 

Mas a boa notícia é que existem recursos cada vez mais modernos que protegem o seu lar contra roubos e invasões. Dentre eles, podemos citar:

1 – Empresas de segurança

Uma empresa de segurança patrimonial é completamente voltada para a segurança do lar, de empresas, e de muitos outros patrimônios. Elas oferecem soluções completas, inclusive alguns diferenciais, como:

  • Treinamento e capacitação de profissionais;
  • Gestão da qualidade;
  • Tecnologia e Inovação;
  • Políticas de garantias;
  • Soluções completas;
  • Atuação Nacional.

Essas empresas adotam medidas de prevenção que evitam perdas ou as reduzem. Além disso, são medidas pensadas para que uma influencie a outra positivamente.

2 – Portaria

Os condomínios podem abrigar imóveis residenciais ou comerciais, e precisam de um controle efetivo de entrada e saída de pessoas. 

No caso dos condomínios residenciais, a portaria pode evitar diversos riscos aos moradores.

A melhor maneira de fazer isso é instalando uma portaria, no entanto, em alguns locais, os gastos com um profissional não compensam. Dessa forma, uma boa solução seria uma portaria virtual.

A portaria virtual possui um sistema de controle de entrada e saída de pessoas, que por sua vez, é monitorado por uma central. 

Logo, isso significa não precisar ter um porteiro no prédio, pois todo o trabalho é feito por monitoramento remoto, através de câmeras monitoradas pela empresa responsável.

É uma maneira inteligente de garantir a segurança dos moradores, sem precisar investir na contratação de um profissional, que significaria burocracias e gastos ao condomínio.

3 – Uso de alarmes

Ter um seguro contra roubos é muito importante para arcar com os prejuízos quando eles acontecem. Mesmo assim, é ainda mais importante investir em opções que evitam esses acidentes.

Uma boa central de alarme residencial pode fazer esse trabalho. Existem duas opções no mercado, sendo a central monitorada e a central não monitorada.

Na primeira opção, o proprietário conta com um monitoramento 24 horas, além do uso dos alarmes. Essa central aciona a polícia em casos de disparo, e os sensores detectam qualquer tipo de presença suspeita.

Já na segunda opção, não existe esse monitoramento, e a segurança do imóvel fica por conta do proprietário. 

Da mesma forma, os sensores captam presenças suspeitas e disparam um alarme, assustando e afastando invasores.

Muitas pessoas acreditam que esses equipamentos disparam por qualquer coisa, como a movimentação de animais domésticos do lado de fora da casa ou até uma ventania mais forte.

A verdade é que esses sensores foram evoluídos e adaptados, e só disparam quando detectam uma presença realmente suspeita.

4 – Controles de acesso

O controle de acesso seguro é muito importante, e isso não diz respeito apenas às empresas. 

No caso dos imóveis residenciais, também existem opções que trazem tecnologia e segurança máxima para o cotidiano dos moradores.

É o caso do controle de acesso biométrico. A biometria é uma tecnologia que visa reconhecer o indivíduo por meio de características únicas, como pela digital e até pela íris dos olhos.

Por ser extremamente seguro, esse sistema tem sido procurado por muitas pessoas para serem instalados nos imóveis.

Com ele, é possível bloquear a entrada de pessoas que não tenham a biometria cadastrada. Ou seja, o imóvel não fica suscetível a roubos por meio de invasões, como no caso de fechaduras comuns.

Sendo assim, uma pessoa que não é cadastrada, simplesmente não tem acesso ao interior do imóvel e não consegue abri-lo de outra maneira.

Uma super vantagem desse sistema é que você não tem como perder as chaves de casa ou esquecê-las em algum lugar.

5 – Câmeras de segurança

As câmeras de segurança já são velhas aliadas de empresas, negócios e residências. Inclusive, esse tipo de monitoramento é bem abrangente e muito importante para a população como um todo.

Isso porque, é exatamente por meio das câmeras de segurança que muitos crimes podem ser solucionados, tendo os rostos dos bandidos facilmente reconhecidos.

Por isso, cada vez mais proprietários de imóveis procuram por uma instalação de câmeras de segurança

Mas além de proteger a população e ajudar na solução de crimes, essas câmeras inibem a ação de criminosos, que preferem, sem sombra de dúvidas, lugares que não sejam monitorados. 

Por isso, é bom e recomendável que as câmeras sejam instaladas de modo que possam ser vistas. Dessa maneira, o criminoso já sabe que ali e poderá ser pego.

Quanto mais câmeras de segurança uma mesma rua possuir nas casas, mais seguro se torna o local. Portanto, é uma maneira de ajudar a construir ruas e bairros mais seguros, por meio da instalação de câmeras em todas as casas.

Mesmo assim, no caso da ocorrência de crimes, a polícia vai usar as imagens para fazer a investigação e identificar os culpados.

6 – Uso de cercas

Um dos equipamentos mais vistos pelas ruas do Brasil é a cerca elétrica residencial. Trata-se de um equipamento de segurança que tem como missão proteger o local contra invasões.

A intensidade da corrente elétrica na cerca provoca vários efeitos, mas a principal intenção é afugentar os invasores. Além disso, a intensidade é escolhida de acordo com o ambiente de uso.     

Existem, também, a cerca elétrica monitorada e a não monitorada. A primeira conta com uma central de alarme que é disparada para uma central de monitoramento.

A segunda, por sua vez, não possui centrais de monitoramento e apenas espanta o invasor que tenta entrar na casa.

7 – Monitoramento

O monitoramento de alarmes é uma ação muito importante para quem possui esse tipo de sistema. Isso porque ele fica nas mãos de profissionais que sabem agir em momento de tensão e pânico, ao contrário do morador.

Este pode se assustar e ter reações que não são compatíveis com as necessidades do acontecimento.

Segurança contra fatores ambientais

Nem só de proteção contra violência urbana sobrevive um imóvel. Isso porque muitas situações podem prejudicá-lo e trazer problemas ao proprietário.

Prevenção contra incêndio e danos ambientais

É muito importante que o imóvel conte com projeto de prevenção e combate a incêndio. Esses acidentes podem ser fatais tanto para os moradores, quanto para o imóvel.

Esse tipo de acidente pode ser mais comum em empresas, mas mesmo assim, os imóveis residenciais precisam proteger-se contra incêndios, bem como outros danos ambientais, como tempestades, alagamentos e ventanias. 

São acidentes aos quais todos estão expostos, mas preveni-los é a melhor maneira de lidar com eles. Um projeto de prevenção aponta ações que devem ser tomadas quando essas situações acontecerem.

Retirar das tomadas equipamentos eletrônicos que não estão em uso, por exemplo, é um meio de se proteger de acidentes dentro de uma residência.

Adquirir equipamentos que são imprescindíveis num combate prévio do fogo, munir sua residência com equipamentos para impedir que sejam atingidos por raios em um temporal, são algumas medidas de segurança que podem ser tomadas para assegurar seu lar e a vida das pessoas que nela moram.

Conclusão

Estamos expostos a vários fatores que podem colocar em risco nosso patrimônio e as pessoas que amamos. Por isso, nunca é demais investir em soluções que tragam proteção.

Independentemente se você vive em uma grande cidade, onde os índices de violência são mais altos, ou em cidades e bairros pequenos, a proteção do lar nunca é demais.

O seguro também é muito importante, uma vez que ele ajuda a recuperar os prejuízos materiais consequentes destes eventos. Mas, melhor do que recuperar o que foi perdido, é prevenir essas situações.

Quando estamos atentos e evitamos esses problemas, trazemos mais tranquilidade para o dia a dia e a certeza de que o amanhã sempre estará garantido.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Como tornar a reciclagem um hábito na sua casa?

Leave a Reply