Entenda Como o Endomarketing Pode Ajudar Sua Empresa

 

Endomarketing

Por mais que haja a importância de investir em equipamentos e tecnologias em geral, a contratação de bons colaboradores e a comunicação com eles é essencial para qualquer empresa. Daí a importância do endomarketing.

Além da seriedade de um ambiente saudável em termos relacionais e até morais, a comunicação interna de uma empresa é fundamental para os resultados da companhia. Ou seja, com ela a rotina pode ser otimizada e as metas mais facilmente atingidas.

Também assim, diminuir a famosa taxa de turnover (rotatividade de funcionários). Afinal, ela é prejudicial em vários sentidos, inclusive no financeiro. 

Isso porque desligamentos e novas contratações constantes geram gastos e despesas que poderiam ser evitadas.

Não é fácil conceber uma cultura corporativa infalível e coerente do princípio ao fim. Além disso, é ainda mais desafiador colocar e manter todos os colaboradores na mesma página, desde a recepção até os gestores e líderes.

Contudo, sem isso é bem difícil que uma empresa ou marca consiga crescer de modo sustentável.  Sobretudo em épocas como a nossa, em que a concorrência cresce a passos largos e os desafios do mercado são cada vez maiores.

Sendo assim, se você tem interesse de entender um pouco melhor qual o papel do endomarketing nesse contexto desafiador e como fortalecer a sua marca por meio de uma equipe incrível, siga conosco na leitura deste artigo.

O que é e qual a importância da cultura corporativa?

A maior riqueza de qualquer empresa é o seu ativo intangível, aquele que não se pode estocar em galpões e nem medir por meio de uma calculadora financeira.

De fato, é muito comum ouvir dizer que o segredo de uma corporação não está necessariamente no produto, mas na equipe de trabalho.

Desse modo, às vezes é até possível mudar a solução prestada, desde que as mesmas pessoas possam continuar agregando e ajudando a empresa a cumprir sua missão.

Por exemplo, se o negócio lida com manutenção de equipamentos hidráulicos, alguém diria que facilmente ele pode começar a atender também a frente de instalação desses equipamentos. Desde que tenha um bom conjunto de líderes e liderados.

Agora, se a equipe é ruim, realmente não importa qual seja a solução, seja de venda ou serviço, de manutenção ou instalação, certamente os problemas vão se acumular e gerar prejuízos.

Diante disso, o primeiro passo para entender melhor o endomarketing é compreender o papel de uma cultura corporativa dentro da história de uma empresa.

Isso porque é essa cultura que estabelece as diretrizes de trabalho, indo além da famosa trina “Missão, Visão e Valores”. 

Com isso, ela pode se expandir na direção de posicionamentos mais estratégicos, bem como fincar raízes em questões mais práticas da rotina.

Leia Também:

Entenda como a internet das coisas pode contribuir para o Marketing Digital

5 Soluções Para Problemas no Trocador de Calor Tubular

Dicas para deixar o celular mais rápido: confira as melhores!

A cultura corporativa é o mapa do caminho a ser traçado. Assim, se o empreendedor se especializou na área de remediação de áreas contaminadas certamente precisará ter um norte de trabalho sobre suas metas, como sobre os valores de consciência ambiental.

Além disso, trata-se de uma área que lida diretamente com o próprio Ministério do Meio Ambiente e, portanto, com questões legais.

Por isso que o empreendedor precisa ter uma cultura organizacional muito sólida, para futuramente delegar funções e contar com líderes alinhados em todos os sentidos.

Comunicação e envolvimento de todos os setores

Também conhecido como Marketing Interno, o endomarketing nada mais é que uma constatação lógica do mercado: o primeiro “cliente” de uma empresa ou marca pode e deve ser o funcionário.

Afinal, assim como as pessoas não se dedicam perfeitamente quando não estão satisfeitas, também ninguém é capaz de se aplicar 100% em uma solução em que não confia.

Se a empresa trabalha na área de prevenção contra incêndio, mas cada vez que um funcionário vê alguém do seu círculo de relacionamento buscando por extintor de incêndio comprar, ele indica qualquer outra loja, isso é péssimo.

Pode parecer engraçado, ou mesmo estranho, mas isso é muito comum. Às vezes, os líderes e gestores estão absorvidos pela famosa correria do dia a dia e por bater suas metas que se esquecem de prestar atenção na satisfação dos colegas de trabalho.

O marketing interno é o modo mais eficiente de resolver isso. Uma das maiores provas de sua eficiência é que ele não se dá do dia para a noite e nem é um trabalho solitário.

Afinal, para sua eficiência será preciso envolver o RH, o DP, os demais departamentos, bem como ouvir todos os funcionários.

Imaginemos o caso de uma empresa que trabalha com serviços de cabeamento estruturado, que atende áreas de informática e telefonia. 

Certamente, ela tem muitos setores interligados, dependendo um do outro, tais como:

  • O pessoal de compras;
  • O pessoal da logística;
  • A equipe de instalações;
  • O suporte a distância;
  • A equipe de manutenção.

Nele, tal como na maioria dos casos, não é possível atingir uma boa comunicação interna e satisfazer os anseios de todos sem ouvi-los com frequência. 

Esse esforço pode incluir desde reuniões frequentes até comunicados internos (impressos ou digitais).

Atualmente não é raro ver empresas em que alguns funcionários são convidados a ministrar parte de uma reunião em apoio ao líder do setor. 

Do mesmo modo, a comunicação pode e deve chegar até o ponto das famosas pesquisas de satisfação.

Tais pesquisas são um excelente recurso. Para isso, elas devem ser disparadas por e-mail e garantir a confidencialidade, de modo que o colaborador possa ser sincero sobre tudo o que o agrada e desagrada na rotina de trabalho.

Como trabalhar premiações e planos de carreira?

Além da comunicação diária ou frequente, existem aspectos de médio e longo prazo que são igualmente importantes para manter uma equipe harmoniosa.

Um deles é o da premiação, que pode ser bimestral ou mesmo em prazos maiores. O importante é que elas tenham regras bastante claras e justas.

De fato, bonificações e campanhas motivacionais desse tipo são um dos aspectos mais interessantes de endomarketing e podem trazer resultados excelentes em termos de engajamento.

Além do mais, também potencializam incrivelmente os resultados. Se a empresa trabalha na área gráfica, por exemplo, vendendo desde impressoras e toners até acessórios mais específicos como cone redutor torno, certamente atingirá mais vendas deste modo.

Um dos pontos mais desestimulantes para qualquer equipe é quando os melhores deixam de ser premiados.

Isso quando não ocorre de os piores serem premiados no lugar dos outros, que são os que realmente entregam e se comprometem.

O segundo aspecto de médio e longo prazo tem relação com esse, mas é ainda mais sério. Trata-se dos planos de carreira, os quais precisam ser comunicados de modo extremamente profissional, sincero e transparente.

Um bom líder não pode, de modo algum, prometer “mundos e fundos”, com dizem, e depois revelar uma equipe na qual tudo é engessado e o espaço para crescimento é inexiste.

Se um empreendimento da área de gráficas/impressões está em estágio embrionário, focando em serviços mais práticos como limpeza de filtro cartucho, é preciso deixar claro para o novo colaborador qual será o papel dele na equipe e quais os horizontes futuros.

É contraindicado, por exemplo, misturar funções operacionais com estratégicas. De modo geral, a verdade é que a frustração por aguardar uma promoção de cargo que não vem nunca gera transtorno para o funcionário, mas não apenas para ele.

A equipe, de modo geral, será impactada. Isso porque é impossível que o prejudicado não venha a refletir sua insatisfação na sua entrega, bem como por meio de conversas paralelas.

Importância da formação técnica e das festividades

Uma das maiores preocupações do endomarketing é algo que todo estagiário constata em suas primeiras semanas de trabalho: hoje um trabalhador passa mais tempo na empresa e na locomoção para ela do que em sua própria casa.

Isso traz dois efeitos imediatos, um deles é o de que é preciso investir em momentos de descontração para esse profissional sobrecarregado.

O outro é o de que é preciso pensar na formação profissional dele, pois qualquer insatisfação pode torná-lo apto a procurar melhores oportunidades na concorrência, para a qual ele pode levar a expertise que aprendeu na primeira empresa.

No tocante ao primeiro ponto, é cada vez mais comum ver empresas investindo em eventos de confraternização, nem que seja aos finais de ano.

O que é mais bacana nesse contexto é que não há contraindicações para isso. Mesmo uma empresa que lida com soluções na área hospitalar (vendendo equipamentos como prancha e maca de resgate), precisa de eventuais celebrações descontraídas.

No tocante à formação dos profissionais, é preciso investir em cursos, workshops e palestras. Aqui é possível unir o aspecto de aprendizado e formação técnica, com a questão motivacional que citamos ao falar sobre premiações.

De fato, com o estresse das cidades grandes e da rotina de trabalho, as palestras motivacionais têm se popularizado cada vez mais. 

Nesse cenário é importante destacar que não há restrições de segmentos e nichos de atuação.

No caso de cursos técnicos, alguns setores apresentam ainda mais sinergia com essa proposta, como os de informática e telefonia. Ou ainda, áreas de solução elétrica, que lidam com quadros gerais de distribuição, como os famosos QGBT.

É fundamental que os profissionais dessa área estejam em dia com todas as exigências técnicas e conceituais da sua área de atuação.

Em todos os casos, o que vimos é como o endomarketing é abrangente e multidisciplinar. Bem como as vantagens que ele pode trazer para toda e qualquer empresa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leave a Reply