Saiba como fazer a manutenção dos ralos em casa

Manutenção dos Ralos

Os cuidados preventivos com uma casa são muitos: é preciso cuidar da parte elétrica, hidráulica, além de observar a presença de infiltrações na parede. Mas a manutenção dos ralos é algo que demanda uma atenção especial, uma vez que a presença de corpos estranhos podem entupir todo o encanamento, causando inúmeros prejuízos.

E esse cuidado independe do fato do morador ser proprietário ou inquilino do imóvel. Afinal de contas, a falta de limpeza dos ralos pode ocasionar inúmeros problemas, como vazamentos, presença de pragas, mau cheiro, entre outros.

Nesse sentido, é importante adotar cuidados preventivos na manutenção do ralo e das tubulações, para evitar problemas em todo o sistema de esgoto e encanamentos.

Por isso, recomenda-se uma avaliação periódica, para evitar a necessidade de desentupimento dos ralos, ou até mesmo, serviços mais complexos.

Por conta disso a manutenção preventiva é recomendada por todas as empresas de saneamento, como uma maneira de manter a qualidade das tubulações da casa e evitar o agravamento de incômodos relacionados ao esgoto do imóvel.

O artigo de hoje vai dar dicas de como fazer a manutenção dos ralos em casa e colaborar com a prevenção dos sistemas de água e esgoto das residências. Acompanhe a leitura!

Dicas para limpar os ralos da pia e do chão

O primeiro passo para a manutenção dos ralos é fazer a limpeza periódica, principalmente dos ralos da pia e do chão.

Para isso, recomenda-se usar protetores com tela mosquiteiro para evitar que resíduos maiores cheguem até às tubulações de esgoto, como restos de comida, cabelos e sujeiras.

Durante a limpeza, é preciso usar uma quantidade generosa de desinfetante, evitando usar o ralo por, no mínimo, três horas. Isso ajuda a eliminar o mau cheiro e a proliferação de pragas, fungos e outros microrganismos.

Para uma limpeza completa, o ideal é usar uma solução feita com água quente (cerca de 1 litro), com sal e bicarbonato de sódio (aproximadamente 1 xícara para cada).

Para evitar entupimentos no ralo; recomenda-se:

  • Não jogar óleo de cozinha ou restos de fritura;
  • Não jogar fios de cabelo e pedaços de unha;
  • Fazer a limpeza semanalmente ou a cada 15 dias;
  • Evitar produtos não específicos para ralos.

Caso perceber que o ralo entupiu, é necessário retirar todas as partículas visíveis e, posteriormente, usar produtos de desentupimento, ou uma solução com bicarbonato de sódio e vinagre.

A mistura desses componentes gera vapor e espuma, por isso, é importante usar um pano para tapar a abertura do ralo. Deixe a solução agir por 30 minutos e, em seguida, enxágue com água fervendo.

O que fazer quando a tubulação estiver entupida?

A falta de manutenção dos ralos pode ocasionar o entupimento de toda a tubulação de esgoto.

Normalmente, ao fazer o projeto arquitetônico residencial, existe uma parte específica do imóvel, em que é possível abrir o sistema para fazer o trabalho de desentupimento.

Para isso, é necessário chamar uma empresa especializada, pois irá demandar o uso de equipamentos e produtos específicos.

Uma das coisas que mais causa entupimento das tubulações, principalmente nos banheiros, são os fios de cabelo que se desprendem naturalmente durante o banho. Por isso, o ideal é pentear os cabelos antes de entrar no banheiro e jogar os fios no lixo.

No caso de edificações, as empresas de arquitetura indicam a realização de uma manutenção predial, para avaliar não só a presença de problemas nos ralos, mas em todos os sistemas que envolvem o prédio, como o de água e o elétrico.

Atualmente, muito se fala em hidrossanitarismo, que é um projeto hidráulico responsável pela alimentação, acondicionamento e distribuição de água, com foco na excelência de cuidado.

Muitas casas já adotam esse modelo, como forma de evitar os transtornos comuns de entupimento.

Por isso, é interessante buscar o hidrossanitarismo como uma alternativa para sua casa, principalmente se você sofre há bastante tempo com problemas no ralo.

Conclusão

Ninguém gosta de limpar os ralos. Afinal, é um trabalho bem incômodo, pois temos que recolher várias sujeiras, resíduos e outras coisas nojentas que normalmente vão para o esgoto.

No entanto, a manutenção dos ralos é fundamental para evitar problemas mais graves, causados pelo entupimento, como vazamentos e proliferação de pragas – além, é claro, do mau cheiro em todo o ambiente.

Por isso, vale a pena fazer uma limpeza periódica dos ralos, como forma de se prevenir de problemas mais graves, que podem prejudicar toda a sua casa.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Como Criar Uma Rotina de Limpeza Para Meu Dia a Dia?

Leave a Reply