Marketing de serviços: aplique no seu e-commerce

Marketing de serviços

Cada vez mais, o marketing de serviços está associado com a promoção de produtos e, consequentemente, com modelos de negócios como o e-commerce, que tem conquistado grande espaço no mercado.

Isso se deve ao fato de que as atividades nesse meio se mostram cada vez mais amplas, onde não há apenas transações comerciais envolvendo os produtos, como também a necessidade automática de prestar serviços, como a assistência.

Além da alternativa apresentada, há ainda a oportunidade de oferecer práticas na área, e se diferenciar ainda mais no mercado.

Por exemplo, uma empresa que comercializa materiais para obras, pode atuar como locadora de máquinas para construção civil, de forma complementar.

No entanto, não é sempre que o produto e o serviço estão atrelados. 

De acordo com Philip Kotler, uma das principais referências do marketing, há possibilidade de que a realização de um serviço esteja, ou não, ligada a um produto concreto, sendo nesse caso marcado pela intangibilidade.

Sendo assim, o marketing direcionado para serviços consiste em esforços que expressam seu valor e estimulam o cliente na contratação de determinada marca.

Os 7 Ps do marketing de serviços

Ao falar no marketing tradicional, 4 Ps são abordados: produto, preço, praça e promoção. Todavia, para que o marketing de serviços tenha bons resultados, as estratégias são elaboradas com base em mais 3 Ps.

Em primeiro lugar, ao falar dos 4 Ps convencionais, por mais que sejam amplamente utilizados na promoção de produtos, apresentam um grande potencial para esse cenário.

Afinal, é preciso estipular o que é oferecido, como serviços de topografia, que estuda o terreno, o valor, lugar e a forma de divulgação.

A partir desses pontos, percebe-se que as distinções de maior destaque nessa forma de marketing estão associadas, justamente, com os seguintes 3 Ps:

Pessoas

Ao falar em táticas comerciais e pessoas, é muito comum que a priorização dos clientes seja abordada, sendo que, de fato, é uma questão crucial para as empresas.

No entanto, esse P está associado com os colaboradores, uma vez que possuem impacto direto no tipo de experiência proporcionada para as pessoas.

Por exemplo, em uma empresa que trabalha com projeto de terraplenagem e conta com equipes comprometidas com a qualidade, naturalmente, os resultados do preparo do terreno possuem mais chances de serem positivos.

Prova Física

Esse P também recebe o nome de palpabilidade, uma vez que está relacionado com as indicações físicas da atividade que será divulgada.

São, basicamente, fatores que contribuem para que o valor do que é ofertado fique mais claro para os consumidores.

Essa é a situação de um e-commerce que disponibiliza uma porta blindada. Seja no tipo de perfil criado nas redes sociais ou no uniforme da empresa, a percepção positiva pode ser alcançada.

Processos

Para compreender esse P, é interessante imaginar um cliente que está em busca de um serviço para contratar pela primeira vez, como um investidor que deseja alinhar o projeto contra incêndio, e busca uma empresa de confiança para instalar um detector de fumaça endereçável.

Nesse caso, a busca é diferenciada, quando comparada com a necessidade de contratar novamente um serviço, pois a confiança é capaz de tornar a recontratação mais ágil.

Ao supor que os profissionais superaram as necessidades das pessoas na colocação dos equipamentos, uma zona de confiança é estabelecida para os seguintes serviços.

Por essa razão, é importante observar que os processos envolvem ir além da realização de um serviço, devido à importância dos esforços direcionados para a superação de expectativas e fidelização.

Dicas para aplicar essa forma de marketing

A forma de encarar o marketing de serviços pode variar de acordo com cada empresa, especialmente, ao considerar as particularidades associadas ao público, princípios, segmento, etc.

No entanto, algumas dicas gerais podem contribuir com investimentos mais assertivos nesse cenário, tais como:

Tenha um plano de ação

Sem dúvidas, planejar é uma das principais partes de diferentes tipos de estratégia, especialmente, ao considerar seu impacto em um direcionamento apropriado para a execução.

É importante que objetivos claros sejam estabelecidos, e, a partir dele, um planejamento compatível seja elaborado.

Naturalmente, é algo que pode variar significativamente entre as empresas, principalmente ao se tratar da delegação de tarefas, como:

  • Produção;
  • Divulgação;
  • Interação com a audiência;
  • Direcionamento das pessoas interessadas.

Cada aspecto que envolve o plano de ação deve ficar claro para todos da equipe, além de ser devidamente monitorado para evitar grandes transtornos no desempenho da estratégia.

Aposte na produção de conteúdo

Nesse contexto, também é válido observar que o conteúdo conquista cada vez mais um espaço considerável em meio às táticas digitais, principalmente, pelo poder de atração e conversão que materiais enriquecedores apresentam.

Alinhar a elaboração de conteúdo que seja útil para a audiência, com o marketing de serviços reforça a autoridade da marca e, consequentemente, a confiança.

Tenha um diferencial claro

Uma vez que o marketing de serviços é uma ótima oportunidade de se destacar no mercado e superar as expectativas dos clientes, é interessante que o diferencial da empresa esteja claro.

É válido citar que esse fator se reflete na atuação de um modo geral, inclusive em relação  aos investidores e parceiros.

Faça o cliente enxergar o valor do serviço

Torna-se também interessante que exista a busca por transmitir um aspecto material dos serviços, juntamente com seus benefícios. Nesse caso, a categorização é uma das soluções que podem ser adotadas.

Por exemplo, uma empresa que realiza a instalação de portão automático deslizante pode categorizar esse tipo de atividade e transmitir, de forma clara, na plataforma de e-commerce as especificações.

O empreendedor tem a possibilidade de oferecer pacotes com garantia, que envolvam manutenção periódica, descontos em produtos da empresa ou outros serviços.

Além de facilitar a decisão, a categorização permite o atendimento de consumidores com necessidades distintas. 

Para que seja algo que agregue valor, é interessante analisar a audiência e buscar por padrões de consumo, para que os serviços oferecidos em cada categoria sejam compatíveis com a realidade.

Acompanhe a satisfação dos clientes 

Sem dúvidas, acompanhar métricas no marketing é indispensável para viabilizar os ajustes necessários em prol de uma melhor performance.

No entanto, nesse caso, o monitoramento de resultados está essencialmente associado com a satisfação do consumidor.

Uma das maneiras de viabilizar análises mais precisas, é compreender a trajetória de aquisição e garantir que em cada ponto a experiência do usuário seja a mais positiva possível.

A importância de segmentar o público

Com as informações apresentadas, é possível observar a importância de conhecer o cliente, sendo algo que se enquadra em uma empresa que oferece locação de trator, ou qualquer outro tipo de atividade.

Afinal, a partir desse conhecimento, a satisfação do cliente será monitorada de uma forma mais eficaz, assim como a elaboração de conteúdos e categorização de serviços serão mais assertivas.

Para maximizar o resultados e segmentar o público, é possível apostar em alternativas como as seguintes:

Funil de vendas

Esse é um recurso que recebe grande visibilidade no marketing, uma vez que permite um melhor entendimento para a elaboração de táticas, com base na jornada de compra dos clientes.

Compreender os passos atendidos, desde o primeiro contato com a empresa até a concretização de um contrato de serviço, é decisivo para ter uma abordagem mais adequada.

Por exemplo, uma empresa que atua com usinagem e comercializa peças para essa finalidade, como a fresa de topo, pode apostar em conteúdos com dicas e curiosidades nos estágios iniciais do funil.

Isso se deve ao fato de que na fase categorizada, como o topo do funil, o cliente ainda está no processo de descoberta, diferentemente do fundo, em que já está mais preparado para fechar um negócio.

Técnicas de SEO

As táticas de SEO (Search Engine Optimization) são indispensáveis para alcançar posições mais favoráveis nos buscadores. No entanto, também estão associadas com a segmentação de público.

É algo viabilizado, essencialmente, pela escolha de palavras-chave, que são os termos empregados pelas pessoas no momento da pesquisa.

Ao selecioná-las para a estratégia, é interessante averiguar qual é a intenção do leitor e o tipo de público que a marca tem o desejo de atrair.

Ademais, é importante citar que um conteúdo bem segmentado também deve ser bem elaborado, principalmente, ao considerar que a palavra-chave deve estar alinhada com a qualidade do material e ser usada da maneira mais natural possível.

Sendo assim, pode-se perceber que o marketing de serviços tem uma certa relação com o de produtos, devido aos tipos de recursos empregados, porém, para uma maior eficácia, alguns pontos são trabalhados de forma diferenciada.

Vale reforçar, que com as estratégias elaboradas de forma precisa, será possível alcançar destaque no mercado, o que faz grande diferença ao considerar um mercado tão competitivo, como o do e-commerce.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leave a Reply