O que considerar ao investir em móveis de alto padrão?

Móveis de Alto Padrão

O investimento em móveis de alto padrão pode parecer algo frívolo, voltado à ostentação. No entanto, engana-se quem tem esse pensamento, uma vez que o termo “alto padrão” não significa somente um maior custo, mas também, a qualidade inquestionável.

Além disso, esses móveis contribuem para a elegância, o bom gosto e o requinte do espaço, especialmente para projetos residenciais em imóveis luxuosos, sejam eles residenciais, comerciais ou escritórios.

Mas o que considerar ao investir em móveis de alto padrão?

O texto de hoje busca responder a esta pergunta, dando dicas de como escolher o melhor mobiliário, mantendo a qualidade, o bom gosto e o requinte. Acompanhe a leitura!

1 – Opte por materiais nobres

Uma característica dos móveis alto padrão é a grande durabilidade. Para isso, é preciso optar por materiais nobres, como é o caso da madeira de lei, que confere sofisticação aos ambientes, além de ser extremamente resistente.

O material é extraído das árvores mais pesadas, que levam mais tempo para crescer. Por isso, elas apresentam uma grande resistência aos fungos, insetos, cupins e brocas.

Atualmente, o uso da madeira de lei é controlado pelos órgãos ambientais, como forma de proteger a vegetação nativa.

Além da madeira, algumas pedras como o mármore também são consideradas nobres. Normalmente, esse material é usado em bancadas de pias, mas também tem uma boa aplicação em alguns pisos e revestimentos.

2 – Dê preferência aos móveis planejados

Ao comprar móveis de alto padrão, é fundamental considerar o equilíbrio do ambiente, em conjunto com a mobília, para otimizar o local, organizar o espaço e fornecer uma aparência esteticamente agradável ao ambiente.

Afinal de contas, um armário sob medida irá se encaixar muito melhor do que um móvel pré-fabricado. Além disso, os móveis planejados tendem a valorizar o ambiente e, ainda, contribuem para elevar o valor do imóvel.

Vale dizer que, à primeira vista, o investimento em móveis sob medida pode parecer dispendioso, contudo, a relação custo-benefício é muito positiva, uma vez que os mobiliários personalizados são mais duráveis e resistentes.

Por conta disso, é importante encontrar uma boa loja de planejados, para avaliar todas as características do ambiente e desenvolver os móveis certos para cada espaço.

3 – Tenha atenção aos acabamentos

O acabamento dos móveis é tão importante quanto a escolha dos materiais, ainda mais porque ele irá ressaltar a beleza da mobília, contribuindo com a decoração dos ambientes.

Alguns dos acabamentos mais conhecidos para móveis de alto padrão são:

  • Compensado: madeira originada de árvores de reflorestamento;
  • MD: madeira originada do eucalipto ou pinos reflorestados;
  • Madeira maciça: madeira sólida, ideal para estrutura de armários;
  • Super Fosco: desenvolvido com filme polimérico de alta qualidade.

O MDF (Medium Density Fiberboard) é um dos acabamentos mais conhecidos do mercado. O material é desenvolvido com placa de média densidade, a partir de madeira reconstituída pela aglutinação das fibras com resinas sintéticas e aditivos.

As chapas de MDF têm espessura variadas, entre 3 a 60 mm, dependendo das necessidades de uso.

O material tem boa estabilidade e grande capacidade de absorção de tintas, além de resistir às intempéries, como umidade e choques mecânicos.

4 – Coloque revestimentos nos móveis

Os móveis de alto padrão são decorados com revestimentos únicos, que ajudam a formar um design diferenciado, conforme a personalidade dos moradores ou do proprietário do local.

Assim como nos acabamentos, o MDF também é um velho conhecido na parte de revestimento, mas é possível experimentar outros materiais.

É o caso, por exemplo, do laminado decorativo. Desenvolvido para bases lisas ou curvas, o material é um produto prático e durável, com capacidade para suportar desgastes por calor ou impactos. O revestimento está disponível em diversos padrões e cores.

Há também o laminado de madeira, desenvolvido com corte fino de diversas árvores de reflorestamento. É um material indicado para decorações clássicas, disponível em diversos padrões de lustração e pinturas especiais.

Conclusão

Os móveis de alto padrão são requisitados em residências, comércios e escritórios que desejam construir um espaço sofisticado, sem perder a qualidade de uma mobília resistente e durável.

Contudo, é preciso atenção aos escolher as estruturas, uma vez que a compra incorreta do móvel pode prejudicar toda a harmonia do ambiente.

Por isso, o artigo de hoje buscou algumas dicas que são fundamentais no momento de investir em móveis de alto padrão.

Desse modo, é possível reduzir os erros e ter uma decoração elegante, além de contribuir para valorizar o imóvel.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Como cuidar de móveis e eletrodomésticos em aço inox?

Leave a Reply