O que são as palavras-chave em SEO?

Palavras chave em seo

O SEO (Search Engine Optimization), ou otimização para os mecanismos de busca, já é uma estratégia conhecida no Marketing Digital. O objetivo é otimizar uma página web para que ela obtenha melhor classificação nos buscadores, especialmente no Google.

Assim, por meio do uso de palavras-chave, bem como outras técnicas de otimização, incluindo melhor navegabilidade e usabilidade para os dispositivos móveis, um determinado conteúdo pode ter um melhor rankeamento, aparecendo entre os primeiros resultados de pesquisa dentro dos buscadores.

De acordo com a Search Engine Watch, 85% dos profissionais de marketing consideram que o SEO é uma das táticas de aquisição de clientes mais eficazes.

Além disso, a otimização contribui para aumentar o tráfego orgânico e melhorar a conversão de leads (potenciais clientes).

O uso de palavras-chave é uma das principais técnicas do SEO. Para o Local SEO Guide, as empresas que usam uma palavra-chave forte no ranking, tendem a melhorar sua posição nos mecanismos de busca.

Por isso, é importante saber o que são as palavras-chave em SEO e como usá-las na estratégia de rankeamento do seu site.

O presente artigo irá tratar sobre esse tema e dar dicas de otimização para o seu conteúdo. Acompanhe a leitura!

Mas, afinal de contas, o que são as palavras-chave?

Também chamadas de keywords, as palavras-chave são instrumentos de pesquisa dentro dos buscadores, como por exemplo, quando digitamos “onde comprar rolamentos” no Google, ou em qualquer outro site de pesquisa.

As palavras-chave podem ser formadas por uma ou mais palavras e, em geral, representam a forma como um usuário escreve suas dúvidas nos buscadores, com a intenção de obter respostas e soluções para seus problemas.

Para os profissionais de marketing, as palavras-chave são os termos que direcionam as campanhas, pois elas ajudam a perceber quais são os interesses dos usuários e, com isso, elaborar ações assertivas.

Desse modo, ao definir uma palavra-chave para a criação do conteúdo, é possível passar uma mensagem ao Google, demonstrando o assunto do material, diante do termo específico escolhido.

Assim, ao realizar a escolha correta da palavra, o rankeamento do conteúdo melhora, em especial quando o termo é bastante procurado pelos usuários.

Por isso, quando um internauta digita “acendedor de carvão” no Google, provavelmente os primeiros resultados da pesquisa serão de sites que usam exatamente o mesmo termo, ou seja, trazem informações sobre esse acessório ou comercializam o produto.

Qual é a importância das palavras-chave?

Como explicamos acima, o seu conteúdo somente será encontrado por meio das palavras-chave. Assim, se o seu texto não conter os termos certos, ou fazer mau uso, ele permanecerá desconhecido, com pouco acesso e visibilidade pelo Google.

Por conta disso, é fundamental criar estratégias para inserir de modo correto as palavras-chave, principalmente se a intenção é aumentar o número de acessos e o tráfego orgânico da sua página.

Vale dizer que o Google trabalha com a relevância que o conteúdo tem para o usuário.

Ou seja, se a intenção é falar sobre reservatório tipo taça, o buscador irá analisar o SEO do seu artigo e definir se ele realmente merece ser rankeado nas primeiras posições, pois ajuda os usuários na resolução de problemas.

Sendo assim, as palavras-chave são essenciais na estratégia de Marketing de Conteúdo.

Portanto, mais do que uma ferramenta para aparecer no Google e ter acessos na sua página, as palavras-chave também oferecem materiais relevantes, com informações que ajudam os usuários e, com isso, melhoram a experiência de navegabilidade.

Diante disso, é um erro usar as palavras-chave somente com o objetivo de aumentar venda. Ao contrário, é preciso pensar que esses termos ajudam as pessoas, oferecendo conteúdos interessantes e com informação de qualidade.

Como escolher as palavras-chave para o seu site?

Para escolher as palavras-chave corretas, é preciso compreender o seu nicho de mercado, selecionando os termos que mais se relacionam com o segmento de atuação da empresa e que sejam relevantes aos seus clientes.

Por exemplo, as empresas terceirização de portaria em sp devem optar por palavras que se referem aos serviços terceirizados, bem como as vantagens de uma portaria. Percebe-se que são assuntos intimamente ligados ao trabalho desses empreendimentos.

Ademais, não adianta escrever um texto forçado, com a constante repetição das palavras-chave, de modo cansativo e pouco informativo ao leitor.

Afinal de contas, o Google leva em consideração a relevância do conteúdo e, por conta disso, todo o material precisa ser produzido para o público.

A dica é elaborar um material que agregue valor, respondendo as principais dúvidas dos usuários.

Também é importante considerar que cada assunto possui um tipo de palavra-chave diferente. Por isso, escolher os termos é de fundamental importância para que o seu site seja encontrado pelos buscadores e bem rankeado nos resultados de pesquisa.

Por esse motivo, deve-se considerar alguns pontos:

1 – A persona

A persona nada mais é que um personagem semi fictício do seu cliente ideal. Ela é construída com base nas características do público-alvo, incluindo a faixa etária, escolaridade, gênero, preferências e hobbies.

Assim, para escolher a palavra-chave ideal é preciso considerar quem é a persona do seu conteúdo. Dessa forma, é possível elaborar um conteúdo mais direcionado, conforme às necessidades específicas da audiência.

Por isso, para que o seu conteúdo seja visto como valioso e útil para o Google, ele deve sempre focar na sua persona.

Imagine, por exemplo, quem se interessaria por um serviço de içamento. Provavelmente, um cliente que trabalha com movimentação de grandes máquinas.

Sendo assim, a palavra-chave deve ser usada em conjunto com um material que fala justamente sobre as preferências deste consumidor.

2 – O volume de busca

A variável do volume representa a quantidade de buscas mensais que são feitas por uma determinada palavra-chave no Google.

Este fator assegura que o termo é realmente pesquisado pelas pessoas.

Por exemplo, se o termo “rede laminada” for muito procurado no buscador, especialmente pelo seu público-alvo e, além disso, tem relação com o seu nicho de atuação, essa pode ser uma boa palavra-chave para o seu conteúdo.

3 – Head tail keywords

As head tail keywords são os termos que definem o core business da empresa, isto é, são capazes de resumir o seu negócios e os serviços prestados.

Por exemplo, a palavra-chave “portaria remota” mostra exatamente sobre o tipo de atividade que estamos tratando, representando todo o segmento de negócio.

Em geral, as head tail keywords são muito genéricas, com termos de busca muito grandes, por isso, têm uma concorrência muito grande. No entanto, elas são fundamentais para todo o seu conteúdo.

Por isso, para usá-las da melhor forma possível, é necessário montar um trabalho estratégico de marketing, utilizando outras técnicas de SEO, além das palavras-chave.

4 – Long tail keywords

As long tail keywords são termos mais específicos, em comparação com as head tails. No exemplo dado sobre portaria remota, a derivação para long tail pode ser: “portaria remota sp”, ou “portaria remota preço”.

Aqui, a concorrência é menor e, além disso, é possível produzir conteúdos mais assertivos, levando em consideração o perfil do cliente e as intenções da pesquisa.

5 – O estágio do funil de vendas

Outro fator que ajuda na definição da palavra-chave é saber em qual estágio do funil de vendas o visitante se encontra.

De maneira prática, vale lembrar que os usuários estão buscando a resolução de um problema, por isso, a produção de conteúdo deve focar nisso, bem como no conhecimento que o cliente já tem sobre o assunto.

O funil de vendas pode ser representado pelas seguintes etapas:

  • Topo do funil: descobrimento do seu negócio;
  • Meio do funil: consideração do problema;
  • Fundo do funil: solução do problema com a compra;
  • Pós-venda: etapa depois da compra para fidelização do cliente.

Por exemplo, a palavra “alicate amperímetro preço” é indicada para conteúdos de meio e fundo de funil, pois o usuário já conhece o produto, mas ainda precisa ser convencido que essa é a melhor opção para o seu problema.

Tratar do preço pode ser um gatilho para influenciar na decisão de compra.

Conclusão

As palavras-chave são parte da estratégia de otimização para mecanismos de busca, o SEO, sendo uma das técnicas mais usadas para melhorar o rankeamento e a classificação nos resultados de pesquisa.

De maneira geral, o uso dos termos deve corresponder às intenções de busca dos usuários, por isso, as palavras-chave são diretamente relacionadas com o Marketing de Conteúdo.

Assim, há a necessidade de não só usar as palavras-chave de modo adequado, mas também investir em um material relevante, rico em informações e que responda às principais dúvidas dos clientes.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Leia Também:

Como determinar seu plano de marketing na Internet com base em suas metas de receita

Leave a Reply