Por que não podemos sentar na classe executiva mesmo vazia

Dicas de

Se você reservar um bilhete econômico básico para um voo, ficará com os assentos ruins que a companhia aérea quiser, seja na parte de trás do avião ou apenas um assento do meio em uma fileira que não reclina.

Quando você vê fileiras e filas de assentos vazios de primeira classe ou classe executiva ao embarcar, você pode pensar: por que não trocar? Você silenciosamente pega seus pertences e segue para a fila vazia de primeira classe, esperando que uma comissária de bordo olhe além dela e dá uma de “joão sem braço”.

Mas você não pode fazer isso, e vamos te contar o porque.

Regras Existem

Bem, existem algumas razões pelas quais as companhias aéreas não querem que os passageiros entrem furtivamente em uma fila de primeira classe, por mais furtivos que sejam.

Por um lado, a maioria dos passageiros econômicos básicos não é elegível para qualquer tipo de upgrade; é uma regra incorporada à sua classe e bilhete de tarifa.

Porém, para qualquer passageiro, geralmente, as companhias aéreas optam por manter essas linhas vazias – mesmo que isso faça praticamente nenhuma diferença nos seus resultados.

Aqui está a regra: aos olhos das companhias aéreas, é roubo. Pela lógica deles, você está simplesmente sentado em um lugar que não comprou e, tecnicamente, seria injusto para um passageiro pegar um assento atualizado em detrimento de outro.

Se seu bilhete é de classe econômica, você tem que voar na econômica e nem adianta reclamar se for expulso da executiva.

Cias Aéreas Malvadonas?

“Qual o sentido de assentos vazios se eles podem ser preenchidos e seus clientes podem ter uma experiência melhor?”, escreveu um viajante dos EUA no Twitter uma vez. A United Airlines respondeu: “… Se você comprasse um Toyota, não conseguiria dirigir com um Lexus, porque estava vazio.”

Em outras palavras, sim, as companhias aéreas são terríveis e não há muito o que fazer. E mesmo que você decida arbitrariamente “dirigir esse Lexus”, saiba que os comissários de bordo estão cientes de quem deve estar sentado em cada assento respectivo em uma seção premium.

Embora as regras possam não estar explícitas no contrato de transporte de uma companhia aérea, você ouvirá histórias frequentes de passageiros que tentaram fazer “autoatualização” foram solicitados a pagar o custo da passagem naquele momento ou ali ou mesmo ameaçados de prisão.

Nos fóruns do FlyerTalk (em inglês) , um viajante disse que havia presenciado um passageiro preso por se infiltrar em um assento de primeira classe logo após o pouso.

Concluindo…

Onde isso te deixa? Bem, não estamos advogando que você quebre nenhuma lei ou qualquer coisa, mas simplesmente peça a uma comissária de bordo antes que você faça a alteração por sua conta própria.

O atendimento nas classes premium requerem um pouco mais de atenção, trabalho da equipe (muitas vezes comissários dedicados para a área) e os produtos oferecidos (espumantes e sobremesas top) também têm seu custo para as cias aéreas.

Sendo bem honestos, provavelmente não vai funcionar, mas pelo menos você os está ajudando a evitar um confronto embaraçoso no meio do voo, e o choro é livre rs.

Post enviado pelos parceiros do blog Viajante Muquirana, clique aqui e confira várias dicas de viagem top deles.

Leave a Reply