Tudo o que você precisa saber para trabalhar como motoboy

Trabalho de motoboy

Com as mudanças na economia causadas pela pandemia do novo coronavírus, muitas pessoas viram suas rendas mensais diminuírem consideravelmente. Uma saída encontrada por aqueles que tem uma moto é o trabalho profissional no delivery. Se você está pensando em entrar para o ramo, veja tudo o que precisa saber para trabalhar como motoboy.

O que é preciso para trabalhar com entrega de moto?

Somente ter uma moto não qualifica alguém a ser motoboy. Segundo a legislação de trânsito atual, para atuar neste segmento é necessário ter no mínimo 21 anos, ter carteira de habilitação na categoria A por pelo menos 2 anos e ter o curso de 30 horas/aula para moto entrega (esse curso pode ser realizado presencialmente em autoescolas ou pela internet).

Além disso, é necessário contar com um capacete certificado pelo Inmetro, com faixas retrorrefletivas, assim como o uso do coleto de material resistente, também sinalizado pelas faixas. Essa sinalização é importante porque ajuda na visibilidade que os outros motoristas tem sobre você, dando mais segurança nos trajetos que você realizar.

E claro, você vai precisar de um bom baú para moto para acomodar todas as entregas que realizar. No mercado, é possível encontrar diferentes opções, desde baús de 100 litros até medidas maiores. Lembre-se de conferir o peso máximo que sua moto suporta de caixa plástica antes de fazer uma compra.

Motoboy

Imagem de iCBras 

 

Onde posso trabalhar como motoboy?

Atualmente, existem diferentes formas para trabalhar no delivery. O primeiro deles é como contratado de uma empresa especializada, comum nos grandes centros. Nesse tipo de ambiente, os profissionais são encaminhados para as entregas de acordo com a demanda e obedecem a um gerente.

Ainda como contratado é possível atuar em restaurantes e lanchonetes. Ainda que os aplicativos de entrega permitam uma certa flexibilidade para as empresas que trabalham com alimentação, alguns estabelecimentos preferem contar com uma equipe fixa de motoboy.

E falando em aplicativos, essa é a principal ferramenta para aqueles que estão começando a trabalhar na área nesse momento. Em estudo feito pela Corebiz, divulgado pela Valor Investe [2], somente nas duas primeiras semanas do isolamento social, houve aumento de 77% do número de pedidos de delivery.

Como funcionam as entregas por aplicativo?

E já que os aplicativos têm conquistado cada vez mais espaço quando se trata de entrega de moto, é importante saber como eles funcionam em detalhes. Atualmente, os apps mais famosos são o iFood, Uber Eats, Rappi e Loggi.

Motoboy

Imagem de iCBras 

Para entrar para uma plataforma é necessário realizar um cadastro, que na maioria dos casos, exige o registro dos dados pessoais e o envio de uma foto da CNH. Uma vez registrado, já é possível aceitar corridas. Assim como Uber no transporte de passageiros, a maioria das plataformas considera a localização do motociclista para direcionar o pedido de um usuário.

Cada aplicativo opera de forma diferente no quesito pagamento. Para saber ter acesso à essas informações sempre atualizadas, basta acessar o site oficial da marca. Com esses dados você será capaz de fazer uma escolha segura de quais apps deseja trabalhar.

Estratégias para ganhar dinheiro como motoboy

Se a questão econômica é um dos principais motivos que levam as pessoas à profissão de motoboy, saber algumas estratégias pode te ajudar a aumentar os seus lucros, trabalhando menos. Essas dicas podem ser aplicadas em qualquer aplicativo que você escolha trabalhar, uma vez que são relacionadas aos horários mais procurados para as entregas.

O período do almoço e da janta, na faixa das 11h às 13h e 19h e 21h, são os mais movimentados para os motoboys. Há também um pico de movimento nos finais de semana, momento em que as pessoas estão mais dispostas aos pedidos de delivery. Para as entregas de comida, a segunda-feira é o dia menos movimentado.

Agora, se por algum motivo você preferir trabalhar em horário comercial, pode focar em apps como o Loggi e o Rappi, que são bastante utilizados para entregas gerais. O Loggi, por exemplo, foca nas empresas que precisam enviar documentos, com uma boa quantidade de entregas ao longo do dia.

E o principal: siga as normas de trânsito

Motoboy é uma das profissões com maior índice de acidente de trabalho, sendo que em muitos casos, a situação é causada pelo próprio condutor da moto. Por ser uma função estressante e muito exposta ao risco, siga sempre o que pede as normas de trânsito, desde o uso das roupas adequadas, até o respeito à sinalização.

Dessa forma, você vai conseguir trabalhar como motoboy, ter uma fonte de renda e voltar para casa com tranquilidade após cada expediente.

Leia Também:

Qual a utilidade da certidão negativa do INSS?

Leave a Reply